Clássico marca reabertura da Superliga

Um clássico marca a reabertura da Superliga Feminina de Vôlei nesta quinta-feira, após uma parada de 20 dias no fim do ano, entre o invicto Finasa/Osasco, atual campeão paulista e brasileiro, e o tradicional Rexona-Ades. Será também o duelo entre as levantadoras Fernanda Venturini, pelo time de São Paulo, e Fofão, defendendo o Paraná, e o primeiro encontro das equipes na temporada. O jogo começa às 20 horas, no ginásio Professor José Liberatti, em Osasco (com SporTV e entrada gratuita). Na última temporada os times se enfrentaram oito vezes e a Finasa venceu sete. Apesar do retrospecto, o prudente técnico José Roberto Guimarães não espera facilidade. ?É um clássico. O Rexona é experiente e tem Fofão, uma das melhores levantadoras do mundo?, comenta Zé Roberto, que também tem uma atleta talentosa na posição. Ressalta ainda que o rival está diferente em relação à temporada passada, com um elenco experiente, ataque forte e bom volume de jogo. ?Sei que podemos ter atuação melhor que na derrota contra Campos. O jogo será difícil, queremos um resultado favorável, mas principal nos apresentarmos bem?, ressaltou Fofão. Completam a rodada os seguintes jogos: às 20 horas, Pinheiros/Blue Life (SP) e Brasil Telecom/Força Olímpica (DF), em São Paulo, e Açúcar União/São Caetano e Macaé Sports (RJ), no Ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP); às 20h30, Ecus/Suzano e Automóvel Clube/Campos (RJ), no Ginásio Paulo Portela, em Suzano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.