Claudinei anuncia aposentadoria

Principal velocista do País no fim da década de 90, Claudinei Quirino deverá anunciar na quarta-feira que vai encerrar a carreira. Aos 34 anos - completa 35 em novembro - Claudinei ostenta no currículo as medalhas de prata no Mundial de Sevilha-99 e na Olimpíada de Sydney em 2000. Foi obrigado a antecipar o fim por conta de um problema crônico no púbis.?Se ele estivesse em boas condições físicas, poderia competir em alto nível pelo menos até 2007, mas ele se cansou de lutar contra a contusão?, disse o técnico Jayme Netto. Em dezembro de 2001, Claudinei foi submetido a uma cirurgia para retirada de um cisto no púbis, mas depois disso, nunca mais foi mesmo. Não obteve índice para os Jogos de Atenas e nos últimos tempos mal conseguia treinar.?Ele até que começou bem a base (de treinamentos), mas voltou a sentir dores e muito provavelmente teria de passar por nova cirurgia. Nos últimos tempos, ele treinava um dia e se via obrigado a ficar quatro ou cinco parado?, contou Jayme Netto. ?Ele acusava dores especialmente quando era obrigado a saltar?, acrescentou. Antes da operação, havia ficado cerca de dois meses sem treinar.A última conquista de peso foi nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo, em 2003, quando a equipe brasileira ganhou a medalha de ouro no revezamento 4 x 100. Depois disso, no entanto, não conseguiu índice para disputar o Mundial de Paris, naquele mesmo ano, nem para os Jogos de 2004.Claudinei escolheu como última prova da carreira o revezamento 4 x 100 metros do Troféu Brasil de Atletismo, que será realizado a partir de quinta-feira no Complexo do Ibirapuera, em São Paulo. Além de Sydney, Claudinei participou da olimpíada de Atlanta-96, quando chegou à semifinal nos 200 metros.Ganhou também a medalha de bronze no Mundial de Atenas-97; duas em Pan-Americanos (ouro em Winnipeg nos 200m e prata no revezamento 4x100m em Santo Domingo) além de ter sido campeão sul-americano dos 200m (2003). Claudinei foi recordista sul-americano dos 200m (18s89) e do 4x100m (37s90).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.