EFE/Archivo/Andreu Dalmau
EFE/Archivo/Andreu Dalmau

AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Claudio Bravo deixa o Barcelona e é confirmado no Manchester City

Time de Pep Guardiola desembolsou € 18 milhões pelo goleiro chileno

Estadão Conteúdo

25 Agosto 2016 | 11h48

O Manchester City oficializou nesta quinta-feira a contratação do goleiro chileno Claudio Bravo, em uma transação de € 18 milhões (cerca de R$ 65 milhões), além de mais 2 milhões de euros (aproximadamente R$ 7 milhões) que serão pagas em cláusulas variáveis, segundo informou o Barcelona.

O goleiro da seleção chilena assinou contrato válido por quatro temporadas com o time inglês. "Estou muito orgulhoso de vir para o Manchester City. Sei que o clube está construindo algo muito especial e espero fazer parte disso por muitos anos", comentou Bravo. "Não é fácil deixar um clube como o Barcelona, onde tive dois anos fantásticos, mas a oportunidade de trabalhar com Pep Guardiola não podia ser recusada."

O treinador, por sua vez, após insistir na contratação do goleiro, afirmou que "Claudio é fantástico e foi um excelente reforço. Ele tem experiência, qualidades de líder e está no melhor momento da vida. É um goleiro que sempre admirei por muitos anos".

Campeão da Copa América Centenário com o Chile, o goleiro de 33 anos passou quase uma década no Real Sociedad, até ser contratado pelo Barcelona em 2014. O rodízio com o alemão Marc-André ter Stegen na equipe titular, no entanto, o teria deixado insatisfeito. Para o lugar de Bravo, o Barcelona já oficializou o goleiro Jasper Cillessen, titular da Holanda na Copa do Mundo de 2014.

A busca por um goleiro no Manchester City se tornou prioridade após Pep Guardiola deixar claro que Joe Hart não o convencia. O titular da seleção inglesa, inclusive, perdeu o posto de titular para Willy Caballero.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.