Reprodução/ SporTV
Reprodução/ SporTV

Clayson pega dois jogos de suspensão por jogar água em torcedora

Atacante do Corinthians foi suspenso por artigo que trata de provocação ao público

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

30 Agosto 2018 | 17h41

O atacante Clayson vai desfalcar o Corinthians por duas partidas no Campeonato Brasileiro. O jogador foi punido por atirar água em torcedores da Chapecoense, na derrota por 2 a 1, em Chapecó. O julgamento foi realizado na tarde desta quinta-feira, pelos auditores da Quinta Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

O jogador foi suspenso por conduta antidesportiva prevista no artigo 258 - provocar o público durante partida. Clayson, portanto, está fora da partida de sábado, diante do Atlético-MG, na Arena Corinthians.

Ainda em Chapecó, Clayson se desculpou. Por meio de sua assessoria de imprensa, ele tentou marcar um encontro com a torcedora que aparece no vídeo, mas ela recusou. “Acabei errando. Ele estava ali com a família, quero mais pedir desculpas pelo ato, eu estava de cabeça quente. Mas uma coisa não justifica a outra”, afirmou.

A procuradora Julia Galhego destacou que o arrependimento posterior do jogador não diminui o ato praticado. “Uma coisa não anula a outra. Nada do que foi apresentado pela defesa descaracteriza o que ele fez. Ele teve uma conduta desagradável e que felizmente não desencadeou uma revolta ou confusão maior. O atleta deve ser punido pela situação grave”, argumentou. 

O atacante vive um momento de instabilidade no Corinthians. Depois de ter sido titular ao longo da temporada, ele perdeu a posição no último jogo. Nesta quarta-feira, Clayson ficou no banco de reservas na desclassificação da equipe na Libertadores quando o time venceu o Colo-Colo por 2 a 1, mas acabou fora do torneio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.