Clodoaldo ainda não conseguiu descansar

A Paraolimpíada acabou há algumas semanas, mas não para Clodoaldo Silva. O nadador, que ganhou seis medalhas de ouro e uma de prata, garante que ainda não descansou. No entanto, diz estar gostando da celebridade que conquistou."Desde que cheguei ao Brasil eu não parei", admitiu o nadador. Na agenda, entrevistas para emissoras de TV, rádios e jornais. "Mas loucura foi quando cheguei em Natal (cidade onde vive). Tive de ir para um hotel para dormir porque era festa o tempo todo." Se o lado ruim foi a falta de descanso, o lado bom foi a receptividade das pessoas que hoje o reconhecem na rua. "Muitas vem falar comigo dizendo que me viram na TV. Algumas pedem para fotos", contou Clodoaldo.Mas nem tudo é festa. Para o nadador, a preocupação é com o que vai acontecer a partir do ano que vem. Clodoaldo espera que os atletas paraolímpicos tenham apoio para treinar, especialmente porque o Brasil será sede dos Jogos Para Pan-Americanos, que deverão ser realizados no Rio logo após o Pan-Americano, em 2007.A campeã olímpica Ádria dos Santos, por exemplo, lembra que sua bolsa-atleta termina no fim do ano. "Daí para frente, não sei como vai ser?, afirmou a velocista.

Agencia Estado,

09 de outubro de 2004 | 13h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.