Clube fica sem receber patrocínio

A liminar que suspendeu o patrocínio da Caixa Econômica Federal com o Corinthians fez com que o clube paulista deixasse de receber a parcela referente ao mês de março, de R$ 2,5 milhões. Segundo o departamento jurídico do Corinthians, o banco depositou o valor em juízo.

O Estado de S.Paulo

13 de março de 2013 | 10h12

O imbróglio começou no início do mês por causa de uma liminar concedida pela 6ª Vara do Tribunal Federal do Rio Grande do Sul. A decisão ocorreu por meio de uma ação popular ajuizada pelo advogado gaúcho Antônio Beiriz. A Caixa entrou com recurso contra a liminar e não obteve sucesso, mas tanto o banco quanto o clube ainda vão recorrer e preparam nova defesa. / V.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.