Clube perde mando contra o Atlético-MG

A confusão com o Tigre na final da Copa Sul-Americana cobrou seu preço e o São Paulo perdeu o direito de um mando de jogo no Morumbi na Libertadores. A Conmebol notificou o clube nesta sexta-feira e deverá realizar o jogo contra o Atlético-MG em outro estádio, que pode ser o Pacaembu, isso porque as partidas contra The Strongest e Arsenal de Sarandi estão próximas - acontecem nos dias 28 de fevereiro e 7 de março, respectivamente. Além da multa, o clube deverá pagar uma multa de U$ 100 mil (R$197 mil). O Tricolor tem uma semana para recorrer.

O Estado de S.Paulo

23 de fevereiro de 2013 | 02h05

São Paulo e Tigre se enfrentaram no dia 12 de dezembro no Morumbi. Após uma confusão iniciada no campo no fim do primeiro tempo, os jogadores argentinos brigaram com seguranças do clube e se recusaram a voltar para o gramado dizendo terem sido agredidos e ameaçados por uma arma de fogo. A delegação foi à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) fazer exame de corpo de delito.

Na versão do Tricolor, os jogadores do Tigre tentaram invadir o vestiário dos donos da casa para tentar "melar" a partida e provocar o adiamento para outra data. Àquela altura o São Paulo vencia por dois a zero e sofria com a violência dos adversários em campo. O clube abriu as portas do vestiário para mostrar diversas divisórias quebradas que, segundo o clube, foram usadas como armas contra os seguranças . Foi possível ver manchas de sangue no túnel de cerca de 40 metros, que não tem câmeras .

"Recebi a notícia agora, mas nossos advogados estão ainda apreciando o caso", explicou o vice-presidente de futebol, João Paulo de Jesus Lopes.. /F.F.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.