Clube quer 68 mil fiéis no Morumbi

Sufocar o Botafogo no Morumbi, classificar o Corinthians para a final da Copa do Brasil e ainda levar mais público que a seleção nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010 diante do Uruguai. E mais ainda que o São Paulo diante do Fluminense pela Libertadores. Essa é a meta dos dirigentes corintianos, que apostam em sucesso na venda dos ingressos. Serão 68 mil bilhetes à disposição da torcida, a partir de hoje. E a preços populares: arquibancadas a R$ 10,00 e meia-entrada a R$ 5,00. O preço camarada ajuda e a torcida quer fazer história na quarta-feira."Nossa torcida vai fazer a diferença no jogo da volta. O Morumbi vai ser pequeno para esse jogo", avisa o ídolo Felipe.A Gaviões começou, logo após a partida, a convocação por e-mail, telefone, grito. O importante é lotar o Morumbi. E também deixar para trás o público de Brasil e Uruguai - 65.379 pagantes. E ainda mais o maior público do ano no Morumbi: São Paulo e Fluminense: 61.693.A torcida tentará convencer a Polícia Militar: quer levar balões brancos e pretos e principalmente fumaça preta, por superstição.Os ingressos poderão ser encontrados no Parque São Jorge, Morumbi, Pacaembu, Canindé, Bruno José Daniel e Ginásio do Ibirapuera.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.