JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Clubes anunciam manutenção de contrato de transmissão com a Turner até 2024

Palmeiras, Bahia, Athletico-PR, Fortaleza, Ceará, Coritiba e Santos receberão aumento dos valores inicialmente acertados

Redação, Estadão Conteúdo

19 de agosto de 2020 | 20h38

Palmeiras, Bahia, Athletico-PR, Fortaleza, Ceará, Coritiba e Santos anunciaram, nesta quarta-feira, em suas redes sociais, a manutenção do acordo com a Turner para a transmissão dos seus jogos no Campeonato Brasileiro para a TV fechada. O vínculo está mantido até o final de 2024, como estava inicialmente planejado.

O grupo não contará com o Internacional, cujo contrato com a Turner só é válido até o final do ano. A partir de 2021, as partidas do time gaúcho no Brasileirão serão transmitidas pelo SporTV em canal fechado.

Os clubes receberão um aumento dos valores inicialmente acertados, mas a Turner poderá romper o contrato no final de 2022. Com isso, o direito de transmissão voltaria a ser dos clubes, que poderiam negociar novamente com outras operadoras ou canais de televisão.

Durante o período de pandemia, a empresa e os clubes tiveram alguns problemas que quase causaram a rescisão de contrato. Os oito clubes vão dividir R$ 104 milhões como primeira parcela do pagamento. O restante será pago em fevereiro, após o final da competição.

Depois do anúncio do acordo com os clubes, a Turner divulgou na programação da TNT a chamada para o Brasileiro com o lema "só quem torce sabe". O último obstáculo a ser ultrapassado pela Turner é a disputa jurídica com a TV Globo sobre o entendimento da MP 984, que dá ao mandante o direito de transmissão do jogo.

A Globo entrou na Justiça contra a Turner e não aceita que times sob seu contrato tenham jogos transmitidos pela operadora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.