Clubes do Rio sabiam da desistência da Globo

Os quatro grandes clubes do Rio, antes mesmo do anúncio oficial feito pela Rede Globo na noite de sexta-feira, já sabiam que a emissora iria desistir de participar da licitação do Clube dos 13 para definir os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro de 2012, 2013 e 2014. Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo romperam parcialmente, na quarta-feira, com o C13 para negociar à parte tais direitos de transmissão e já estão tentando firmar novo contrato com a Globo.

Sílvio Barsetti e Bruno Lousada / RIO, O Estado de S.Paulo

27 de fevereiro de 2011 | 00h00

O indicativo de que os grandes do Rio estão agindo em conjunto com a emissora foi dado ontem pelo presidente do Fluminense, Peter Siemsen. Ao ser indagado pelo Estado se o Tricolor e os coirmãos teriam sido pego de surpresa com a decisão da TV Globo, o dirigente, eleito há dois meses, não hesitou: "Claro que não houve surpresa. Já sabíamos de tudo. Já estávamos informados com antecedência." Pouco antes, o presidente do Vasco, Roberto Dinamite, preferiu seguir outro rumo ao ter de responder se já sabia da desistência da Rede Globo antes do comunicado oficial da emissora: "Como é que vou saber disso? Não sei."

De acordo com Peter Siemsen, "índice de audiência é um fator importantíssimo" nas negociações para transmissão dos jogos do Brasileiro. Dinamite também deixou claro o caminho que o Vasco vai adotar: "Se tem duas ou três empresas na disputa, elas vão atrás da de maior visibilidade. Qualquer leigo sabe disso." O presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, disse que o cenário apontava para essa decisão da Rede Globo e que já havia conversado sobre essa possibilidade com Fábio Koff, presidente do Clube dos 13.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.