COB cria o prêmio Adhemar Ferreira

A criação do Prêmio Adhemar Ferreira da Silva é a grande novidade do Prêmio Brasil Olímpico 2001, cuja cerimônia de entrega está marcada para o dia 17 de dezembro, na Escola Naval, no centro do Rio de Janeiro. Além desta categoria, o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) criou premiações para o melhor técnico, homenagens para os melhores atletas olímpicos do século e personalidades olímpicas do ano.Com a criação das novas categorias, a intenção dos dirigentes do COB é a de que a premiação seja uma das mais cobiçadas pelos atletas brasileiros. A honraria do Troféu Adhemar Ferreira da Silva, triplista bicampeão olímpico, em 1952 e 56, será concedida a um ex-atleta olímpico que tenha se destacado no cenário esportivo brasileiro e represente o caráter, ética e a elegância presentes em Adhemar, que morreu em 12 de janeiro passado, vítima de uma parada cardiorrespiratória, aos 73 anos.A "Homenagem aos Atletas do Século" tem por objetivo reconhecer o desempenho dos atletas brasileiros, independentemente de conquistarem alguma medalha olímpica. Durante três anos, serão escolhidos representantes em cada edição dos Jogos Olímpicos.Em 2001, serão homenageados os atletas dos Jogos Olímpicos de 1920 (Antuérpia) até 1968 (México). No ano seguinte, 1964 (Japão) e de 1972 (Munique) até 1988 (Seul). No último ano, em 2003, ficaram as olimpíadas de Barcelona (1992), Atlanta (1996) e Sydney (2000).Para não premiar mais de um de seus atuais dirigentes, o COB passou para o ano que vem a Homenagem aos Atletas do Século dos Jogos Olímpicos de 1964. Nesta edição, o presidente Carlos Arthur Nuzman já foi o escolhido para a honraria. Em 2001, o vice-presidente do COB, André Richer, receberá a homenagem pela participação nos Jogos de 1956 (Melbourne). A entidade é a responsável pela indicação dos premiados em todas as categorias, exceto no "melhor atleta por modalidade, paraolímpico e do ano".

Agencia Estado,

29 de outubro de 2001 | 18h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.