Fabio Motta/AE
Fabio Motta/AE

COB inaugura centro de treinamento do tae kwon do no Rio de Janeiro

Esporte ganha estrutura própria nas dependências internas do Parque Aquático Maria Lenk

Agência Estado

09 de dezembro de 2010 | 16h33

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB), em parceria com a prefeitura do Rio, inaugurou nesta quinta-feira a primeira parte do Centro de Treinamento Time Brasil, que será utilizado na preparação de atletas de alto rendimento. O esporte inicialmente contemplado foi o tae kwon do, que ganhou uma estrutura própria nas dependências internas do Parque Aquático Maria Lenk, no Rio.

"Gostaria de ressaltar a importância de inauguramos o primeiro Centro de Treinamento do Time Brasil. Este é o primeiro de muitos. Estamos oferecendo os melhores equipamentos em benefício dos atletas", afirmou o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman, lembrando que as áreas dedicadas ao levantamento de peso e ginástica artística serão abertas até maio de 2011.

Nesta primeira fase de implantação, o Centro de Treinamento Time Brasil atenderá modalidades como natação, nado sincronizada, saltos ornamentais, polo aquático, tae kwon do, ginástica artística, levantamento de peso, ciclismo, boxe e patinação artística. "Nosso projeto é otimizar esse espaço para implantação da primeira fase do Centro Olímpico de Treinamento, atendendo diversas modalidades", explicou o superintendente executivo de esporte do COB, Marcus Vinicius Freire.

"Esse é um momento muito especial. Vamos investir no alto rendimento. Queremos dar condições para que esses atletas de enorme potencial, que têm condições de representar bem o Brasil, possam treinar com conforto", disse o prefeito do Rio, Eduardo Paes, também presente na cerimônia, ao citar a criação do Time Rio, projeto que contará com investimento de R$ 12 milhões, em um período de três anos, para ajudar na preparação de 13 atletas.

No caso do centro de treinamento de tae kwon do, inaugurado nesta quinta-feira, o espaço será destinado para treinos da seleção brasileira e para o intercâmbio com atletas estrangeiros, tendo como "objetivo principal a preparação para competições internacionais". "As instalações são de primeiro nível. Treinar no mesmo tatame da competição, em uma área ampla, com equipamentos de última geração é um privilégio. Fico feliz em saber que agora terei tranquilidade para pensar exclusivamente no treinamento", afirmou Natália Falavigna, medalhista olímpica da modalidade.

Tudo o que sabemos sobre:
COBRio 2016tae kwon do

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.