COB libera confederações para escolha do uniforme

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) anunciou nesta terça-feira que, a partir de 1º de janeiro de 2011, as confederações brasileiras de modalidades olímpicas vão poder escolher seus próprios fornecedores de material esportivo para competições como os Jogos Olímpicos, os Jogos Pan-Americanos e os Jogos Sul-Americanos, entre outros.

AE, Agência Estado

20 de abril de 2010 | 19h32

Todos os uniformes de competição, no entanto, devem ser aprovados pela equipe de marketing do Comitê Organizador Rio 2016, responsável pelo cumprimento das regras do Comitê Olímpico Internacional (COI).

"Já há algum tempo vínhamos estudando essa possibilidade. Com isso, as confederações terão maior poder de negociação junto às marcas de material esportivo, sem prejuízo para o COB. Todos sairão ganhando", explicou o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman, durante assembleia da entidade, no Rio.

A nova regra será válida somente para as competições esportivas. No caso dos uniformes para viagem, para eventos oficiais, para premiações e para uso dentro da Vila Olímpica, o direito de escolher o fornecedor continuará sendo exclusivo do COB.

Tudo o que sabemos sobre:
COBOlimpíada

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.