COB premia Cielo e Maurren como melhores do ano

Deu o óbvio no Prêmio Brasil Olímpico, entregue nesta terça-feira pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB): o nadador César Cielo e a saltadora Maurren Higa Maggi, campeões olímpicos em Pequim, foram anunciados como os melhores atletas do Brasil na temporada durante a festa realizada no Teatro do Museu de Arte Moderna (MAM), no Rio de Janeiro.Cielo, de 21 anos, brilhou na China ao levar o ouro nos 50 metros livre, o primeiro título olímpico da natação brasileira, além de ficar com o bronze nos 100 metros livre. Cielo, que treina nos Estados Unidos, tornou-se a principal referência verde-e-amarela na modalidade, deixando para trás Thiago Pereira, vencedor do Prêmio Brasileiro Olímpico de 2007.Para ser eleito o melhor atleta masculino de 2008, Cielo superou o ginasta Diego Hypólito (que não conquistou medalha em Pequim, mas sagrou-se tricampeão do solo na Superfinal da Copa do Mundo, no último fim de semana) e o velejador Robert Scheidt (que na China conquistou na classe Star sua quarta medalha seguida em Olimpíada, a prata, desta vez ao lado de Bruno Prada).Na disputa do prêmio feminino, Maurren Maggi também não deu chances às rivais. Ela se destacou nesta temporada no atletismo ao conquistar o ouro na disputa do salto em distância nos Jogos de Pequim com a marca de 7,04 metros - foi a primeira mulher a trazer para o Brasil uma medalha dourada numa disputa individual.Maurren teve como concorrentes no Prêmio Brasil Olímpico a judoca Ketleyn Quadros, bronze no judô - a judoca foi a primeira mulher a ganhar uma medalha individual para o Brasil - e a lutadora de tae kwon do Natália Falavigna, que em Pequim também subiu ao pódio com uma medalha de bronze.Em sua 10ª edição, o Prêmio Brasil Olímpico ainda premiou José Roberto Guimarães (do vôlei feminino) como o melhor técnico em esportes coletivos, e Nélio Moura, treinador de Maurren Maggi e do campeão olímpico do salto em distância, o panamenho Irving Saladino, na categoria individual. Os atletas paraolímpicos Daniel Dias (melhor no masculino) e Terezinha Guilhermina (melhor do feminino) também foram homenageados.Melhores do ano na eleição do COB:Masculino - César Cielo (natação)Feminino - Maurren Higa Maggi (atletismo)Vencedores do Prêmio Brasil Olímpico por modalidade:Atletismo - Maurren Higa MaggiBadminton - Marina Jomori EliezerBasquete - Kelly da Silva SantosBeisebol - Leandro Akira HasegawaBoxe - Washington Luiz da SilvaCanoagem Slalom - Poliana Aparecida de PaulaCanoagem Velocidade - Nivalter Santos de JesusCiclismo BMX - Ana Flávia SgobinCiclismo Estrada - Clemilda Fernandes Ciclismo Mountain Bike - Rubens Donizete ValerianoCiclismo Pista - Maira Hendi de Moraes BarbosaDesportos na Neve - Jhonatan LonghiDesportos no Gelo - Ingrid Aparecida AmaranteEsgrima - Renzo AgrestaFutebol - Marta Vieira da SilvaGinástica Artística - Diego HypólitoGinástica Rítmica - Nicole MullerGinástica Trampolim - Giovanna VenetiglioHandebol - Maik FerreiraHipismo Adestramento - Rogério da Silva ClementinoHipismo CCE - André ParoHipismo Saltos - Camila Mazza de BenedictoHóquei sobre grama / indoor - Lizandra Regina de SouzaJudô - Ketleyn QuadrosLevantamento de Peso - Rafael Lima de AndradeLutas - Rosângela ConceiçãoMaratona Aquática - Ana Marcela CunhaNatação Sincronizada - Lara Puglia TeixeiraNatação - Cesar CieloPentatlo Moderno - Yane MarquesPólo Aquático - Marina CanettiRemo - Camila CarvalhoSantos Ornamentais - Hugo ParisiSoftbol - Jennifer JisakaTae kwon do - Natália FalavignaTênis - Thomaz BellucciTênis de Mesa - Thiago MonteiroTiro com Arco - Luiz Gustavo TraininiTiro Esportivo - Julio AlmeidaTriatlo - Mariana OhataVela - Fernanda OliveiraVôlei de Praia - Larissa FrançaVoleibol - Hélia Rogério de Souza Pinto (Fofão)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.