COI abre espaço para a mulher nos Jogos

O Comitê Olímpico Internacional (COI) aprovou algumas mudanças no programa para os Jogos de Pequim, em 2008, abrindo mais espaço para as mulheres. Em compensação, vetou a inclusão do boxe feminino - assim, esse é o único esporte, além do beisebol, em que só os homens competem numa olimpíada.Nos Jogos de Atenas, em 2004, dos 10.864 atletas parcipantes, 59% eram homens e 41% eram mulheres. Mas o COI luta agora para equilibrar esse número. Por isso, aumentou a presença feminina em Pequim.No atletismo, haverá agora também a prova dos 3.000 metros com obstáculos para as mulheres. No futebol, hóquei sobre a grama e handebol, a competição feminina passa de 10 para 12 seleções participantes.Outra mudança aprovada foi a inclusão de uma prova na natação, tanto para homens quanto para mulheres: 10 quilômetros em águas abertas, que podem ser disputadas em rio, mar ou lago.Com isso, o COI espera ter cerca de 80 mulheres a mais nos Jogos Olímpicos, que a partir de 2008 terão o número máximo de 10.500 atletas. Mas a divisão exata para cada esporte ainda será realizada, numa próxima reunião do Comitê Executivo da entidade.

Agencia Estado,

27 de outubro de 2005 | 16h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.