COI anuncia suspensão provisória de ginasta usbeque por doping

Luiza Galiulina deu positivo em exame antidoping realizado na quarta-feira para o diurético furosemida

AE, Agência Estado

29 de julho de 2012 | 09h22

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou neste domingo a suspensão provisória da ginasta Luiza Galiulina por doping. Com a revelação do caso da atleta usbeque, já são dois casos de doping nos Jogos Olímpicos de Londres. No sábado, o COI também anunciou um resultado positivo do albanês Hysen Pulaku, do levantamento de peso.

O COI explicou que Galiulina deu positivo em exame antidoping realizado na última quarta-feira para o diurético furosemida. Segundo o comunicado divulgado pelo comitê, uma decisão final sobre o caso da ginasta usbeque será tomado após a análise da contraprova. Enquanto isso, ela está impedida de competir.

Combater o doping é uma das principais preocupações do COI nesta Olimpíada. Por isso, o comitê realiza testes sistemáticos desde o dia 16 de julho, quando a Vila Olímpica foi aberta. A expectativa é para que sejam realizados 5 mil exames, sendo 1,2 mil de sangue nos Jogos de Londres.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.