COI aprova novo código contra doping

Um novo Código Mundial Antidoping foi aprovado nesta sexta-feira pelo Comitê Olímpico Internacional. Visa a uniformidade de regras e sanções em todos os esportes e países. O Código, feito pela Agência Mundial Antidoping (WADA), foi aprovado por aclamação no fim da assembléia geral do COI em Praga. É a primeira ação global de policiamento contra drogas que melhoram o desempenho no esporte. O código prevê medidas como a suspensão por dois anos, para atletas de todos os esportes que tiverem resultado positivo em controle antidoping para substâncias como esteróide anabolizante e outras, consideradas ofensas sérias. As confederações terão de adotar o Código após os Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004. Os governos após os Jogos de Inverno, em Turim, em 2006. O presidente da WADA, o canadense Dick Pound criticou os países que não têm pago suas contribuições para a entidade. Estados Unidos, França, Espanha e Itália estão entre os países inadimplentes. Suspensão ? A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) suspenseu provisoriamente o fundista Daniel Lopes Ferreira por antidoping positivo para metiltesterona, por ocasião da prova 10 KM a Tribuna, em 25 de maio. A contraprova será realizada em data a ser marcada em comum acordo com o atleta.

Agencia Estado,

04 de julho de 2003 | 19h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.