COI cancela resultados de esquiadora flagrada em doping

Kornelia Marek do cross-country reconhece que tomou injeções durante os Jogos de Vancouver

AE, Agência Estado

29 de abril de 2010 | 13h48

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta quinta-feira que desqualificou a esquiadora polonesa do cross-country que deu positivo em exame antidoping durante a Olimpíada de Inverno de Vancouver.

O COI disse nesta quinta que cancelou todos os resultados obtidos por Kornelia Marek no Canadá. A atleta polonesa, porém, não conseguiu nenhuma medalha na última edição dos Jogos de Inverno.

Marek testou positivo para EPO depois de ajudar a Polônia a terminar na sexta colocação na disputa do revezamento de 20 quilômetros do esqui cross-country. Ele admitiu ter tomado injeções, mas disse não saber que a substância usada era proibida.

A atleta também já havia sido suspensa por dois anos pela Federação de Esqui da Polônia. O COI disse para a Federação Internacional de Esqui alterar os resultados dos Jogos de Vancouver.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.