COI cobra orçamento dos Jogos no Rio de Janeiro

Os organizadores das Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro precisam finalizar o orçamento dos Jogos o quanto antes, disse neste domingo o Comitê Olímpico Internacional (COI).

KAROLOS GROHMANN, Reuters

12 de agosto de 2012 | 11h50

Aumentam as preocupações de que os organizadores dos próximos Jogos não estão atuando com a velocidade desejada pelo COI.

"Estamos pedindo para o orçamento ser finalizado o quanto antes", disse o presidente do COI, Jacques Rogge, à imprensa, antes da cerimônia de encerramento dos Jogos em Londres. "Estamos trabalhando juntos para estabelecer o orçamento."

O inspetor-chefe do COI, Nawal El Moutawakel, disse num relatório antes dos Jogos de Londres que uma "coordenação com muito vigor" era necessária no Rio, pedindo aos organizadores para acelerar os preparativos.

Os organizadores das Olimpíadas no Rio têm evitado especular sobre os custos dos Jogos, que em Londres foi superior a 14 bilhões de dólares.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse no começo do mês não tinha como prever agora os custos. "Nós não podemos dar um custo total porque alguns projetos ainda estão sendo definidos", afirmou.

"Nós só podemos divulgar o custo das Olimpíadas quando estiver tudo pronto. Tudo depende dos projetos", acrescentou.

Tudo o que sabemos sobre:
OLIMPCOIRIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.