Yulia Stepanova/ Reuters
Yulia Stepanova/ Reuters

AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

COI diz que dá ajuda financeira a delatora de doping russo

Yulia Stepanova e seu marido estão recebendo assistência

O Estado de S.Paulo

24 Outubro 2016 | 12h05

Delatora do escândalo de doping na Rússia, Yulia Stepanova está sob proteção do Comitê Olímpico Internacional (COI), a quem criticou diversas vezes nos últimos meses. De acordo com o órgão máximo do movimento olímpico, não só ela, mas também seu marido, Vitaly Stepanov, está recebendo assistência em sua carreira.

Em comunicado enviado à agência de notícias The Associated Press, o COI disse que Sepanova, corredora de 800m, está recebendo assistência financeira, além de outras assistências para poder continuar sua carreira esportiva e potencialmente entrar no comitê olímpico nacional da Rússia".

Já Stepanov, marido dela, ex-funcionário da Agência Antidoping da Rússia, "vai prestar serviço de consultoria ao COI em todos os aspectos de controle de doping e proteção de atletas limpos".

Em agosto, depois de ser proibida de disputar os Jogos do Rio, chegou a alertar que se algo ocorresse com ela ou sua família, não seria um acidente. Em uma entrevista, revelou que tem sido alvo de ameaças e que teme por sua vida. Ela vivia em um local mantido em sigilo nos Estados Unidos, foi obrigada a se mudar e está sob proteção policial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.