COI e ONU assinam acordo para aumentar a colaboração

Jacques Rogge e Ban Ki-moon querem mais 'ações entre as entidades' para incentivar a cultura e o esporte

Efe,

22 de janeiro de 2008 | 16h58

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge, e o secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, expressaram nesta terça-feira o desejo de aumentar a cooperação entre as duas entidades. Eles também comentaram os benefícios culturais e econômicos que os Jogos de 2008, em Pequim, representarão para a China. Segundo o COI, Rogge recebeu Ban Ki-moon em Lausanne, onde transmitiu a ele seu compromisso para usar o esporte e ajudar as agências especializadas da ONU em seus objetivos e os dois conversaram sobre o paralelismo que haverá entre os frutos que a China receberá das Olimpíadas e os que a Coréia do Sul obteve após os Jogos de 1988, em Seul. "Estou muito contente e satisfeito pela colaboração entre as Nações Unidas e o COI e a forma como usamos o esporte em nosso esforço comum para promover a paz, o diálogo e a reconciliação. O esporte é uma ferramenta poderosa", declarou o secretário-geral da ONU ao final da reunião. Ban Ki-moon disse que, especialmente em 2008, "espera com esperança um grande êxito nos Jogos Olímpicos de Pequim e que tragam muita harmonia, amizade, diálogo e reconciliação para o mundo". "Que sejam um verdadeiro festival. Têm minha cooperação e apoio total", acrescentou. O presidente do COI, Jacques Rogge, definiu o encontro como "muito produtivo, concentrada na discussão global sobre preocupações mútuas". "O COI tem certeza de que nunca fazemos o suficiente a favor do apoio humanitário e a defesa ambiental. No entanto, o COI é uma entidade esportiva. Devemos confiar na experiência e na influência das Nações Unidas para definir desafios e determinar como eles podem ser melhorados através do esporte", acrescentou Rogge.

Tudo o que sabemos sobre:
COIONUJacques Rogge

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.