Suzanne Plunkett/Reuters
Suzanne Plunkett/Reuters

COI e Procter & Gamble firmam acordo de patrocínio

Multinacional americana assume compromisso até 2020 pelos próximos cinco Jogos Olímpicos

EFE,

28 de julho de 2010 | 11h44

A multinacional americana Procter & Gamble (P&G) assinou hoje em Londres um acordo de patrocínio com o Comitê Olímpico Internacional (COI) que se estenderá durante os próximos cinco Jogos Olímpicos, até 2020, incluindo as disputas de inverno.

O acordo aconteceu após a experiência da empresa como patrocinadora dos Jogos Olímpicos de Inverno de Vancouver (Canadá), que foram realizados em fevereiro deste ano, segundo disse o representante de marketing da P&G, Marc Pritchard, durante o evento de apresentação da parceria.

De acordo com Pritchard, a companhia aumentou suas receitas em US$ 100 milhões (aproximadamente R$ 176 milhões) graças ao trabalho de patrocínio na competição deste ano. O presidente do COI, Jacques Rogge, por sua vez, indicou que 90% do dinheiro investido pela P&G será destinado aos Comitês Olímpicos nacionais.

Rogge expressou sua "felicidade" e "orgulho" por ter conseguido que a companhia americana se una a uma relação de 11 grandes patrocinadores dos Jogos Olímpicos, entre os quais figuram empresas como Coca-Cola, McDonalds, General Electric, Samsung e Panasonic.

"Tenho certeza de que a P&G se beneficiará da colaboração, já que os Jogos indicam que a empresa vai chegar a uma audiência em massa, de milhões de espectadores no mundo todo", acrescentou o presidente do COI.

Além disso, a multinacional continuará um programa que começou em Vancouver com o qual a empresa contribuirá para que familiares dos atletas possam se deslocar até as cidades onde é realizada a Olimpíada para "apoiar e estar ao seu lado nesses momentos tão importantes". Através do programa, a empresa se encarregará das despesas de viagem e de manutenção dos familiares nas sedes dos Jogos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.