COI retira medalhas de bielo-russos por doping

Vadim Devyatovskiy e Ivan Tsikhan ganharam medalhas de prata e bronze no arremesso de martelo

AE, Agência Estado

11 de dezembro de 2008 | 14h16

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta quinta-feira que retirou as medalhas de prata e bronze conquistadas pelos bielo-russos Vadim Devyatovskiy e Ivan Tsikhan na disputa dos Jogos Olímpicos de Pequim no arremesso de martelo. Os dois atletas foram flagrados em exame antidoping com excesso de testosterona. Com a decisão, a medalha de prata passou para o húngaro Krisztian Pars. Já o japonês Koji Murofushi herdou a medalha de bronze. A disputa, em Pequim, foi vencida pelo esloveno Primoz Kozmus. Esta foi a segunda vez que o bielo-russo Vadim Devyatovskiy foi flagrado em exame antidoping. Com isso, ele poderá ser banido do esporte. O COI também anunciou a desqualificação do canoísta polonês Adam Seroczynski da quarta colocação na prova da K-2, flagrado com a substância proibida clembuterol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.