COI revoga suspensão e Índia é 'liberada' para os Jogos de Sochi

País foi impedido participar do evento depois de ter eleito dirigentes acusados de irregularidades em sua associação

Agência Estado

11 de fevereiro de 2014 | 09h48

SOCHI - O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta terça-feira que revogou a suspensão que havia sido aplicada à Índia, que estava proibida de ter a bandeira do país representada nos Jogos de Inverno de Sochi. A Associação Olímpica Indiana estava suspensa desde dezembro de 2012, depois de ter eleito dirigentes acusados de irregularidades, e por isso os três atletas da nação que competirão no evento participaram da cerimônia de abertura da Olimpíada, na última sexta-feira, sob a bandeira olímpica.

Porém, após a realização de uma nova eleição, no último domingo, essa acompanhada por uma delegação do COI, a suspensão foi revogada e os atletas indianos agora poderão representar, de fato, o seu país. Antes do anúncio da entidade, eles tiveram suas participações nos Jogos de Inverno permitida na condição de competidores independentes.

Com a decisão do COI, a bandeira da Índia voltou a ser hasteada na Vila Olímpica, assim como os atletas do país poderão exibi-la novamente na cerimônia de encerramento dos Jogos. O principal destaque da Índia no grande evento na Rússia é Shiva Keshayan, atleta que compete no luge. Os outros são Nadeem Iqbal (esqui de fundo) e Himanshu Thakur (esqui alpino).

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos de InvernoÍndiaCOI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.