COI suspende comitê do Kuwait por intervenção política

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta terça-feira que o Kuwait está suspenso de seu quadro de participantes, devido a interferência política no comitê do país. A punição entrou em vigor no dia 1º de janeiro, depois que os dirigentes esportivos kuwaitianos falharam em dar garantias de que não haveria intervenção externa nas eleições da entidade.

AE-AP, Agencia Estado

05 de janeiro de 2010 | 10h11

De acordo com o COI, a suspensão tem como finalidade "proteger o movimento olímpico no Kuwait". A entidade máxima do esporte olímpico não permite que haja interferência política em federações e comitês esportivos.

O COI afirmou, ainda, que desde 2007 trabalha para resolver o problema do Kuwait, mas não tem encontrado formas de acabar com a interferência de políticos locais no âmbito desportivo.

Com a punição, atletas e representantes do país estão suspensos de eventos olímpicos, incluindo a Olimpíada - caso a situação não seja resolvida até 2012. O comitê kuwaitiano também não receberá verbas do Coi enquanto durar a sanção.

Tudo o que sabemos sobre:
OlimpíadaCOIKuwait

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.