Amy Sancetta/AP - 19/09/2000
Amy Sancetta/AP - 19/09/2000

COI tira medalha da China da Olimpíada de 2000

Comitê comprova que ginasta chinesa teve sua idade adulterada para poder participar dos Jogos

AE-AP, Agência Estado

28 de abril de 2010 | 12h21

O Comitê Olímpico Internacional (COI) tirou nesta quarta-feira a medalha de bronze conquistada pela China nos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000, na prova por equipes feminina da ginástica artística. Os Estados Unidos herdarão a medalha.

A punição ocorreu porque a China mentiu sobre a idade de uma de suas integrantes na prova, Dong Fangxiao, que na época tinha 14 anos. Como atletas menores de 16 anos não podem competir, a idade da ginasta acabou sendo adulterada pelos chineses.

A confirmação da idade de Fangxiao ocorreu em fevereiro deste ano, quando a Federação Internacional de Ginástica (FIG) invalidou todas as marcas de Fangxiao na Olimpíada de 2000 e solicitou ao COI que retirasse a medalha da China, o que foi feito nesta quarta-feira

Dong Fangxiao nasceu em 23 de janeiro de 1986, data que foi alterada para 20 de janeiro de 1983 para que ela pudesse competir em Sidney.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.