COI vai condecorar 10 atletas

Dez atletas medalhistas olímpicos - entre eles a nadadora húngara Krisztina Egerszegi, a velocista australiana Cathy Freeman e o corredor etíope Haile Gebreselassie - vão receber a medalha da Ordem Olímpica - a máxima condecoração do Comitê Olímpico Internacional (COI). A festa, marcada para o dia 23 de junho, em Lausana, pretende comemorar o Dia Olímpico e será um dos últimos atos públicos do presidente do COI, Juan Antonio Samaranch. O dirigente deverá anunciar sua aposentaria no dia 16 de julho, em Moscou, depois de 21 anos no cargo.A Ordem Olímpica é concedida a personalidades que se distinguiram por sua contribuição ao esporte e por ?serviços à causa olímpica?. Os atletas a serem condecorados por Samaranch são:- Myriam Bedard (CAN), biatlo: duas medalhas de ouro e uma de bronze entre 1992 e 1994. - David Douillet (FRA), judô: duas medalhas de ouro e uma de bronce (1992-2000). - Krisztina Egerszegi (HUN), natação: cinco medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze (1988-1996). - Cathy Freeman (AUS), atletismo: uma medalha de ouro e uma de prata (1996-2000). - Kazuyoshi Funaki (JAP), saltos de esquí: duas medalhas de ouro e uma de prata (1998). - Haile Gebreselassie (ETI), atletismo: duas medalhas de ouro (1996-2000). - Alexandre Karelin (RUS), luta: três medalhas de ouro e uma de prata (1988-2000). - Marco Marin (ITA), esgrima: uma medalha de ouro, duas de prata e uma de bronze (1984-1992). - Naim Suleymanoglu (TUR), halterofilismo: três medalhas de ouro (1988-1996). - Pirmin Zurbriggen (SUI), esquí alpino: uma medalha de ouro e uma de bronze (1988).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.