COI vê Vancouver como modelo para próximos Jogos

Jacques Rogge, presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), afirmou que a Olimpíada de Inverno de Vancouver, que começa na sexta-feira, vai servir de modelo para os próximos eventos. Ele disse que Vancouver apresenta um conjunto com "novos padrões para sustentabilidade ambiental e um legado planejado".

AE, Agencia Estado

10 de fevereiro de 2010 | 10h56

O dirigente belga ressaltou que, apesar da desaceleração econômica por conta da crise financeira global, os organizadores de Vancouver enfrentaram os desafios "sem comprometer a visão original para estes Jogos".

Rogger falou durante a cerimônia de abertura da 122.ª sessão do COI. Os três dias de assembleia irão analisar a preparação para a Olimpíada de Vancouver e o planejamento para os futuros Jogos, em Londres, Sochi e Rio.

O presidente do COI prometeu que a entidade vai ajudar na recuperação do Haiti, destroçado por conta de um terremoto. "Não vamos decepcioná-los", disse. "O movimento olímpico vai apoiar a reconstrução da infraestrutura esportiva do Haiti", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.