Stuart Franklin/EFE
Stuart Franklin/EFE

Colombiano vence a 17.ª etapa da Volta da França; Roglic segue na liderança

Miguel Angel López supera concorrentes e assume a terceira posição geral; Primoz Roglic continua como líder

Redação, Estadão Conteúdo

16 de setembro de 2020 | 15h38

O colombiano Miguel Angel López venceu nesta quarta-feira a 17.ª etapa da Volta da França, a mais tradicional prova de ciclismo de estrada no mundo. No terceiro estágio de montanha consecutivo, com um percurso de 170 km, a prova foi disputada entre as cidades de Grenoble e Méribel, com chegada em Col de la Loze a 2.304 metros acima do nível do mar.

Após 4h49min08s, o colombiano da equipe Astana venceu com 15 segundos de vantagem sobre o esloveno Primoz Roglic, dono da camisa amarela e que foi o segundo colocado na etapa. Com os bônus de tempo, Miguel Ángel López descontou 19 segundos de desvantagem sobre o líder. Ele agora subiu para o terceiro lugar na classificação geral, a 1 minuto e 26 segundos do ciclista da Jumbo Visma.

Roglic se deu bem nesta quarta-feira, já que ampliou a sua vantagem em relação a seu compatriota Tadej Pogacar, da Emirates, que chegou em terceiro na etapa, que teve o status de Etapa Rainha (a principal), e é o segundo na classificação geral.

Com as marcas obtidas nesta quarta-feira e a grande diferença que colocaram na concorrência, é deste trio que sairá o campeão. Roglic lidera com o tempo somado de 74h56min04s e ampliou a sua diferença para Pogacar, agora em 57 segundos. Miguel Angel López vem logo atrás. Restam quatro etapas para o término da competição.

A 18.ª etapa ocorrerá nesta quinta-feira entre as cidades de Maribel e La Roche, em um percurso de 175 km. É a última de montanha dura e, embora a tendência seja a vitória da fuga, esta será a chance de ouro para Miguel Angel López se manter vivo na disputa, tentando tirar a diferença para Pogacar e ainda sonhar com o título.

Tudo o que sabemos sobre:
ciclismo [esporte]Volta da França

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.