Alexandre Loureiro/COB
Alexandre Loureiro/COB

Com 25 medalhas, natação do Brasil disputará seis finais neste sábado no Pan

Após o encerramento das eliminatórias, o Brasil estará presente em seis finais, com nove representantes em Lima

Redação, Estadão Conteúdo

10 de agosto de 2019 | 17h40

Com 25 medalhas conquistadas até agora, a natação brasileira terá a chance ampliar esses números neste sábado, a partir das 22h30 (horário de Brasília), quando vão ser disputadas as últimas finais da modalidade nos Jogos Pan-Americanos de Lima. Após o encerramento das eliminatórias, o País estará presente em seis finais, com nove representantes.

Na disputa dos 200 metros medley, Caio Pumputis avançou à final na segunda posição com o tempo de 2min02s48, atrás apenas do norte-americano William Licom, que cravou 2min00s97. Já Leonardo Santos se classificou em quinto, com 2min02s74. Camila de Mello se classificou em sétimo para disputar medalha na versão feminina da prova, com 2min18s85, sendo que Meghan Small, dos Estados Unidos, foi a mais rápida do qualificatório, com 2min13s05.

Nas eliminatórias dos 4x100 medley, a equipe feminina do Brasil, composta por Fernanda de Goeij, Pamela Alencar, Daynara Ferreira e Manuella Lyrio, avançou na segunda posição, com 4min09s82, atrás do time norte-americano, que fez 4min04s32. Foi o mesmo resultado do time masculino, que fez 3min40s11, com Léo de Deus, Felipe Lima, Altamir Lopes e Breno Correia, só ficando atrás dos Estados Unidos.

Sem qualificatório, a natação brasileira também estará presente nas finais dos 1.500 metros com Ana Marcela Cunha, Viviane Jungblut, Guilherme Costa e Diogo Villarinho.

 

Tudo o que sabemos sobre:
nataçãoJogos Pan-americanos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.