Com 3.º ouro, britânicos fecham boxe olímpico no topo

Com três ouros, uma prata e um bronze, a Grã-Bretanha ficou à frente da Ucrânia

AE, Agência Estado

12 de agosto de 2012 | 13h02

Com um ouro obtido no dia final de disputas da Olimpíada de Londres, a Grã-Bretanha fechou em primeiro lugar o quadra de medalhas do boxe da competição. O topo foi assegurado graças à vitória conquistada neste domingo por Anthony Joshua na final da categoria superpesado (mais de 91kg). E ele acabou triunfando ao derrotar o italiano Roberto Cammarelle, atual campeão olímpico, na recontagem dos pontos de todos os juízes após empate por 18 a 18 na pontuação final dos três assaltos do combate.

Joshua iniciou o terceiro round perdendo por 13 a 10, mas fez oito pontos, enquanto o seu rival marcou cinco, fato que obrigou os juízes a desempatarem a disputa, dando a vitória ao britânico.

Com o ouro deste domingo, Joshua igualou o feito obtido nesta Olimpíada por Luke Campbell entre os homens e Nicola Adams entre as mulheres, que também subiram ao topo do pódio no boxe nas respectivas categorias peso galo (até 56kg) e peso mosca (até 51kg). Com os três ouros, além de uma prata e um bronze, a Grã-Bretanha ficou logo à frente da Ucrânia, segunda colocada no boxe olímpico de Londres com duas medalhas douradas, uma prateada e dois bronzes. Cuba, que subiu duas vezes ao topo do pódio e ficou duas vezes em terceiro lugar entre os medalhistas, fechou a modalidade na terceira colocação no quadro geral.

E a Grã-Bretanha ainda conquistou uma prata neste domingo com Freddie Evans, da categoria até 69kg, que foi derrotado pelo casaque Serik Sapiyev por 17 a 9 na final.

Outros três atletas que faturaram ouro neste domingo no boxe foram o cubano Robeisy Ramirez Carrazana, o ucraniano Vasyl Lomachenko e o russo Egor Mekhontcev. O primeiro deles superou o mongol Tugstsogt Nyambayar por 17 a 14. O pugilista russo passou pelo casaque Adilbek Niyazymbeto por decisão dos juízes, após empate por 15 a 15, enquanto o boxeador da Ucrânia derrotou com facilidade o sul-coreano Han Soonchul por 19 a 9.

O Brasil fechou a sua participação no boxe dos Jogos de Londres em 11.º lugar, com uma prata, conquistada por Esquiva Falcão, e dois bronzes, um de Yamaguchi Falcão e outro de Adriana Araújo entre as mulheres.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.