Com 9 rodadas duplas, Stock terá 21 corridas em 2014

A Stock Car anunciou nesta sexta-feira o novo regulamento para a temporada 2014, e ele está cheio de mudanças em relação ao de 2013. No ano que vem, o calendário da categoria será composto por 21 provas divididas em 12 finais de semana. Isso porque 18 delas acontecerão no formato de "rodadas duplas", ou seja, com duas corridas ocorrendo no mesmo dia.

AE, Agência Estado

13 de setembro de 2013 | 15h57

O novo regulamento muda o formato de 12 provas que vinha sendo utilizado desde 2001, mas não altera o número de finais de semana que terão corrida no ano, já que em nove deles acontecerão duas provas. A própria categoria, em seu site oficial, admitiu que as mudanças têm como objetivo "melhorar a visibilidade" da Stock Car.

Nos dias de rodadas duplas, a primeira bateria terá o mesmo formato das provas atuais, com duração de 40 minutos. A segunda, no entanto, será reduzida pela metade, com apenas 20 minutos, e distribuirá menos pontos aos pilotos.

Outra grande novidade está na prova de abertura, que será ampliada - durará 50 minutos -, e nela os competidores de cada equipe terão obrigatoriamente que ser trocados ao longo da corrida por um convidado internacional, que pode ser brasileiro ou estrangeiro, desde que tenha experiência em competições no exterior.

"Esse novo formato da categoria aumenta o número de corridas, consequentemente, cresce a emoção do público torcedor, tanto nos autódromos quanto na tevê. Também teremos algo novo, que será a participação de pilotos convidados pelas equipes em uma corrida de duplas na prova de abertura de 2014, onde poderemos ter muitos nomes de grande expressão no automobilismo mundial", disse Maurício Slaviero, diretor geral da Vicar, empresa organizadora da Stock Car.

Tudo o que sabemos sobre:
Stock Carregulamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.