Com a cabeça nas oitavas, Mano dá descanso a Ronaldo

Após seis jogos seguidos, sua maior série em 2010, Fenômeno não encara o Independiente, amanhã. Iarley será o substituto

, O Estado de S.Paulo

21 de abril de 2010 | 00h00

Ronaldo está fora da decisão da melhor campanha da primeira fase da Libertadores. Mano Menezes, com dados do jogador, resolveu tirá-lo do duelo de amanhã, diante do Independiente, no Pacaembu, para que o Fenômeno aprimore a forma física visando os jogos das oitavas de final.

Ronaldo vinha de sua maior sequência de jogos na temporada, após realizar seis partidas seguidas. Ele também não deve encarar o Botafogo, domingo, no Engenhão, no jogo da entrega de faixas ao campeão carioca.

A direção corintiana sabe do poder de decisão de Ronaldo em jogos de grande importância e quer deixá-lo "voando" para os mata-matas da Libertadores. Um programa especial de treinos foi elaborado para o jogador, que participará de 12 sessões até o jogo da semana que vem, diante de apenas oito dos demais companheiros de clube.

Caso o Corinthians confirme o favoritismo e bata o Independiente, chegará aos 16 pontos e não poderá ser mais alcançado por ninguém na fase, o que lhe garantirá poder decidir, até a final, em casa. Desta maneira, jogaria na próxima semana fora de casa.

Na vaga de Ronaldo, quem ganha oportunidade é o atacante Iarley, crescendo de rendimento nas últimas partidas, justamente após ter seu nome envolvido em um possível atrito com o treinador e com Ronaldo. Ele formará dupla com Dentinho. Sem Felipe, Julio Cesar será o goleiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.