Com artilheiro em alta, Chapecoense põe invencibilidade à prova contra o Flu

A Chapecoense recebe o Fluminense neste sábado, às 20h30, na Arena Condá, com o objetivo de manter a invencibilidade no Campeonato Brasileiro e subir ao grupo dos quatro melhores. Atualmente, o time catarinense ocupa a sexta colocação, com nove pontos, após três empates e duas vitórias.

Agência Estado, Estadão Conteúdo

04 de junho de 2016 | 08h40

Na última rodada, a equipe fez uma grande apresentação e derrotou o Coritiba, fora de casa, por 4 a 3. O centroavante Bruno Rangel, protagonista da partida ao marcar três vezes, tem presença confirmada no duelo em Chapecó, apesar de o técnico Guto Ferreira ter creditado sua grande apresentação ao fato de estar descansado.

No jogo anterior, no empate por 1 a 1 com o Santa Cruz, o centroavante começou no banco de reservas e só entrou na metade do segundo tempo. "A gente não deixa ele de bateria arriada. E se eu perco o Rangel? Fico com o Kempes e não consigo revezar como tem de ser. Às vezes é importante sacrificar o Rangel em 60 ou 70 minutos de um jogo, é importante, para ter ele. Ele tem 34 anos", comentou o treinador.

Bruno Rangel é o recordista de gols em uma edição da Série B. Marcou 31 vezes em 2013. Na atual edição do Brasileiro, ele já igualou Grafite na ponta da artilharia - ambos balançaram as redes por seis vezes em cinco jogos.

Se por um lado contará com seu principal atacante, a Chapecoense terá uma baixa importante no meio-campo. Cleber Santana recebeu o terceiro cartão amarelo e não enfrentará o Fluminense. Sergio Manoel será o substituto. O volante Josimar, com dores na coxa, também deve ficar de fora. Hyoran pode entrar em seu lugar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.