Com contrato até fim do ano, Lauro treina e se diz 'privilegiado' no Atlético-MG

Novo reforço do Atlético Mineiro, o veterano Lauro foi apresentado oficialmente nesta quarta-feira. Contratado em caráter de urgência para substituir os machucados Victor e Giovanni, o goleiro de 35 anos disse se sentir "preparado" e "privilegiado" pela chance de defender a equipe e disputar a Copa Libertadores.

Estadão Conteúdo

30 de março de 2016 | 19h24

"Hoje, com a minha experiência, estou preparado para qualquer tipo de situação que apareça. Então, lidar com situações adversas, não será problema, estou preparado e espero transmitir confiança a todos", declarou o goleiro, que defendeu o rival Cruzeiro entre 2006 e 2008. "Sinto-me privilegiado por estar, hoje, vestindo a camisa do Galo."

Lauro chega ao Atlético após deixar o Lajeadense, que disputa o Campeonato Gaúcho. No time mineiro, ele terá a missão de substituir os dois primeiros goleiros atleticanos, um deles, da seleção brasileira. Victor se recupera de artroscopia no joelho direito, enquanto o reserva Giovanni fez operação no rosto.

Os problemas físicos pegaram a comissão técnica de surpresa. Para piorar, três goleiros da base, que poderiam ser reservas imediatos de Uilson, o terceiro goleiro do time principal, também estão machucados. Diante desse quadro inesperado, a diretoria atleticana precisou recorrer a um goleiro mais experiente.

"Fico feliz com a oportunidade que surge, mesmo sendo em um momento atípico e triste, tanto para o Victor, o Giovanni e s demais goleiros. Mas são coisas que acontecem e me sinto pronto, preparado para entrar, tendo a oportunidade, e fazer o meu melhor. Estou bem fisicamente e tecnicamente, pronto para qualquer tipo de situação", declarou Lauro, que treinou com o grupo do Atlético nesta quarta.

Ao apresentar o goleiro veterano, o diretor de futebol do Atlético, Eduardo Maluf, explicou a situação do novo reforço. E destacou que Lauro acertou contrato até 31 de dezembro deste ano. Inicialmente, os rumores apontavam para um vínculo rápido, de apenas três meses.

"Não poderíamos fazer um contrato de três meses e, depois da Libertadores, deixar o jogador na mão. Então, estamos fazendo um contrato até 31 de dezembro", disse o dirigente. "Não poderíamos correr o risco e nem precipitar uma volta do Victor ou do Giovanni. O Lauro é um jogador que conheço há muito tempo, foi escolhido pela comissão técnica, é um profissional de primeira linha, experiente, acostumado a grandes jogos e tem o perfil que entendemos ser o melhor para o Atlético."

TREINO - Lauro não foi a única novidade no treino do Atlético nesta quarta. O lateral-esquerdo Douglas Santos e o atacante Clayton se juntaram ao elenco após amistosos da seleção olímpica nos últimos dias. Já Cazares e Erazo vão se reapresentar somente no domingo. Até lá, vão fazer trabalho físico elaborado pela comissão técnica. A dupla defendeu o Equador em dois jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.