Com contrato 'recorde', Mayweather volta a lutar em maio

Depois de um ano de inatividade, período em que inclusive frequentou a prisão, Floyd Mayweather Jr anunciou nesta terça-feira que o seu próximo adversário será o também norte-americano Robert Guerrero, atual detentor do cinturão interino do Conselho Mundial de Boxe (CMB) na categoria médio-ligeiro. A luta será no dia 4 de maio, provavelmente no MGM Grand Garden, em Las Vegas, onde o astro tem residência.

AE, Agência Estado

19 de fevereiro de 2013 | 17h33

O confronto já era especulado há alguns meses e foi confirmado nesta terça por Mayweather, que surpreendeu ao anunciar que assinou contrato de seis lutas (em 30 meses) com o canal por assinatura norte-americano Showtime para que suas lutas sejam transmitidas em pay-per-view. De acordo com o staff de Mayweather, o contrato é o maior da história do boxe, mas os valores não foram revelados. Antes, o norte-americano tinha suas lutas transmitidas pela HBO.

O supercampeão é o líder de vendas no pay-per-view. Suas lutas já geraram US$ 543 milhões. Quatro delas estão entre as mais vendidas na categoria fora dos pesos pesados. Sua última luta, em 5 de maio de 2012, foi contra o porto-riquenho Miguel Cotto. Por ela, Mayweather recebeu a histórica bolsa de US$ 32 milhões.

O norte-americano, que completou 36 anos no último domingo faturou contra Cotto o seu oitavo cinturão em cinco categorias diferentes. O seu cartel invicto contabiliza 43 vitórias em 43 lutas, sendo 26 delas por nocaute.

Tudo o que sabemos sobre:
boxeFloyd Mayweather Jr

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.