Rungroj Yongrit/EFE
Rungroj Yongrit/EFE

Com dores no pé, Diego Hypolito desiste da final do salto em Cottbus

Brasileiro termina etapa do Mundial na Alemanha sem medalhas

Estadão Conteúdo

22 Março 2015 | 14h36

Depois de sofrer com dores no pé e ter o desempenho prejudicado na final do solo no último sábado, Diego Hypolito preferiu não correr o risco de agravar a lesão e, por isso, desistiu da decisão do salto neste domingo. Com isso, o ginasta deixa o World Challenge Cup de Ginástica Artística, disputado na cidade de Cottbus, na Alemanha, sem medalhas.

Diego explicou sua decisão e disse que espera estar 100% fisicamente para disputar a etapa de Doha do Mundial, ainda neste fim de mês. "Confesso que estou um pouco ansioso, pois meu pé doeu aqui e quero que ele melhore para eu poder competir em Doha. É uma etapa de Copa do Mundo muito importante para iniciarmos bem a temporada. Será uma competição bem forte."

O brasileiro havia chegado à final do salto com a quinta melhor pontuação: 14.650. Sem ele, o ouro na prova ficou com o japonês Kenzo Shirai, que já havia sido o melhor do sábado. Neste domingo, ele conseguiu 15,100 pontos. A prata ficou com o ucraniano Oleg Verniaiev (15,012 pontos) e outro japonês, Koji Yamamuro, completou o pódio (15,000).

A delegação brasileira se despede de Cottbus com uma medalha, a de ouro conquistada por Arthur Zanetti nas argolas no último sábado. Diego, Zanetti e Péricles Silva embarcam agora para o Catar, assim como Daniele Hypolito e Lorrane Silva, que se juntarão à equipe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.