Com escassez de volantes, Atlético-MG só terá Roger Bernardo no meio do ano

Após perder Leandro Donizete e Júnior Urso, o Atlético Mineiro se vê com um sério problema no setor defensivo do seu meio-campo. O técnico Roger Machado tem apenas três volantes neste início da temporada: Rafael Carioca e os jovens Lucas Cândido e Yago. Para piorar o cenário, este último está machucado.

Estadão Conteúdo

13 de janeiro de 2017 | 14h18

A diretoria já acertou com um reforço para a posição, mas ele só chega em julho. Roger Bernardo, volante do Ingolstadt, da Alemanha, já assinou um pré-contrato com o Atlético-MG mas só se apresenta depois que se encerrar o vínculo com o time europeu. Além disso, a estreia dele dependerá da abertura da janela internacional de transferências do meio do ano.

Pelo Instagram, Roger Bernardo confirmou o acerto. "Muito feliz por ter assinado por três anos com o Atlético. Agradeço a Deus e aos dirigentes e torcedores. Agora é 'galo doido'. Jajá estaremos juntos", postou.

Em vídeo, na mesma rede social, ele se apresentou à torcida. "Fala rapaziada, tudo bem? Aqui é o Roger Bernardo, estou muito feliz por ter assinado por três temporadas com o Atlético Mineiro. Desde já eu agradeço à comissão técnica, aos torcedores pelas mensagens. Não vai faltar garra e determinação", prometeu.

Roger Bernardo tem 31 anos e não atua no Brasil desde que deixou o Figueirense, em 2009. Ele disputou a segunda divisão alemã por seis temporadas, pelo Energie Cottbus e pelo Ingolstadt. Agora, está na segunda temporada seguida na elite, como titular.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.