Com ex-Chapecoense como informante, América-MG espera surpreender adversário fora

O América-MG visita a Chapecoense neste domingo, às 16 horas, na Arena Condá, em Chapecó (SC), em busca da primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Na estreia, o time mineiro perdeu em Belo Horizonte para o Fluminense por 1 a 0.

Agência Estado, Estadão Conteúdo

22 de maio de 2016 | 08h30

O gol da derrota saiu de um vacilo na saída de bola do meia-atacante Tiago Luis. O jogador, no entanto, se redimiu no meio da semana e fez uma boa partida na vitória por 1 a 0 sobre o Bahia, fora de casa, que rendeu classificação à terceira fase da Copa do Brasil. "Fiquei chateado por ter errado na nossa estreia, mas já pude fazer um bom jogo na sequência. É importante crescer com os erros", comentou.

Tiago Luís, agora, espera conquistar os três pontos em um estádio que ele conhece bem. Ex-jogador da Chapecoense, ele destacou a força da torcida catarinense. "Eles apoiam muito e o time inflama. Mas não podemos ligar para a pressão. Precisamos impor nosso jogo. Tenho boas lembranças, de gols... Por saber os atalhos do campo, quem sabe não consigo fazer mais um, né?", comentou.

O técnico Givanildo Oliveira não confirmou a escalação da equipe. O elenco está desde a última sexta-feira em Chapecó para se ambientar para a partida. As novidades na lista de relacionados são os recém-contratados Juninho e Helder. As baixas são os atacantes Osman, com uma lesão na coxa direita, e Vitor Rangel, que sente dores no joelho esquerdo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.