Orlando Barría/EFE
Orlando Barría/EFE

Com Francisco Barretto, Brasil tem 4 indicados a prêmio de melhores do Pan

Alison dos Santos, Claudio Biekarck e a seleção brasileira feminina de handebol são os outros representantes brasileiros na disputa

Redação, Estadão Conteúdo

15 de novembro de 2019 | 21h53

O esporte brasileiro tem quatro indicados ao PanAm Sports Awards, premiação que terá a sua primeira edição realizada em 13 de dezembro, na cidade norte-americana de Fort Lauderdale e vai homenagear atletas e equipes que foram destaque nos Jogos Pan-Americanos de Lima.

Os concorrentes do País são o ginasta Francisco Barretto, a revelação do atletismo Alison dos Santos, o veterano da vela Claudio Biekarck e a seleção brasileira feminina de handebol, hexacampeã da competição. A votação popular para o prêmio vai até 30 de novembro, através do site www.panamsports.org/vote.

Francisco Barretto concorre ao prêmio de Melhor Atleta masculino do Pan de Lima, após conquistar três medalhas de ouro na competição (cavalo com alças, barra fixa e equipe). "Estou muito feliz com essa indicação. Para mim, foi uma novidade porque jamais esperava ser indicado para um prêmio como este. A ginástica fez uma campanha muito boa no Pan e é uma vitória para a modalidade. Isso mostra que o esporte brasileiro se mantém no topo das Américas. Espero que eu possa alcançar mais essa conquista para o Brasil", afirmou o ginasta.

O velejador Claudio Biekarck, de 68 anos, foi prata no Pan de Lima, faturando sua décima medalha pan-americana. Ele está entre os indicados ao prêmio Valores, disputado pelos atletas que mais inspiraram nos Jogos.

"Para mim é uma honra muito concorrer a esse prêmio, principalmente pela categoria a qual estou sendo indicado. Os valores que me foram passados por meus pais, complementados e solidificados através desses anos todos dedicados ao esporte que procuro repassar aos jovens que estão ingressando no esporte", afirmou Biekarck.

Alison "Piu" dos Santos, campeão da prova dos 400m com barreiras, concorre na categoria de Melhor Atleta Masculino da Nova Geração (sub-20). E a seleção brasileira feminina de handebol, disputa o prêmio de melhor equipe feminina.

Confira a lista de indicados:

Melhor atleta masculino: Anderson Peters (GRN), Francisco Barretto (BRA), Mijain Lopez (CUB), Nicholas Paul (TTO), Rubén Limardo (VEN).

Melhor atleta feminino: Chloe Dygert (EUA), Delfina Pignatiello (ARG), Paola Longoria (MEX), Shelly-Ann Fraser-Pryce (JAM), Yulimar Rojas (VEN).

Melhor equipe masculino: Revezamento 4x400m atletismo da Colômbia, seleção de beisebol de Porto Rico, seleção de basquete da Argentina e vôlei de praia do Chile.

Melhor equipe feminino: Nado artístico do Canadá, seleção brasileira feminina de handebol, seleção feminina de hóquei sobre grama da Argentina e seleção de softbol dos Estados Unidos.

Revelação (sub-20) masculino: Alison dos Santos (BRA), Andrew Abruzzo (EUA), Daniel Restrepo (COL), Gabriel Rosillo (CUB), Patricio Font (MEX).

Revelação (sub-20) feminino: Adriana Díaz (PRC), Daniella Rosas (PER), Delfina Pignatiello (ARG), Evita Griskenas (EUA), Katherin Nuevo (CUB), Yenny Sinisterra (COL).

Influenciadores no esporte: Marco Oneto (CHI), Mariana Pajón (COL), Jennifer Dahlgren (ARG), Shelly-Ann Fraser-Pryce (JAM).

Valores Panam Sports: Claudio Biekarck (BRA), Julio Castillo (ECU), Krystina Alogbo (CAN), Luis Scola (ARG), Nathan Adrian (EUA).

Melhor treinador(a): Deysiana Mena (CRC), Gabriel Aramburu (PER), Ivan Bautista (MEX), Rolando Acebal (CUB), Stephen Francis (JAM).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.