Com jejum de gols, Benzema tem titularidade ameaçada na França

A França poderia ter apenas motivos para comemorar após a vitória por 3 a 1 sobre a Geórgia nas eliminatórias da Copa do Mundo na sexta-feira, junto com o empate por 1 a 1 da Espanha contra a Finlândia, mas o jejum do atacante Karim Benzema é motivo de preocupação.

Reuters

23 de março de 2013 | 13h08

O jogador do Real Madrid não balançou a rede nos últimos 11 jogos pela seleção francesa, e enquanto três integrantes do quarteto ofensivo dos Bleus --Mathieu Valbuena, Olivier Giroud and Franck Ribery-- marcaram gols, Benzema mais uma vez se provou deslocado.

Ele chegou até a ser vaiado pela torcida no Stade de France, em Paris, que não é muito conhecida por sua paciência e compreensão.

"Atacantes precisam de confiança, e eles não querem ser perseguidos pela torcida", afirmou o meia Blaise Matuidi a jornalistas.

Benzema tem repetido que está tranquilo, ainda que o último de seus 15 gols pela França tenha saído em junho, no amistoso vencido por 4 a 0 contra a Estônia.

O lugar do atacante entre os titulares no confronto de terça-feira ante a Espanha está agora em xeque, com o técnico Didier Deschamps provavelmente optando por uma formação mais segura, com apenas um atacante.

Tudo o que sabemos sobre:
ESPORTEFRANCAELIMINATORIAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.