Darron Cummings/AP - 18/8/2012
Darron Cummings/AP - 18/8/2012

Com lesão na mão direita, Hayden fica fora da etapa checa da MotoGP

Piloto da Ducati sofreu acidente durante o treino de classificação da etapa de Indianápolis

AE, Agência Estado

21 de agosto de 2012 | 10h33

BOLOGNA - A Ducati anunciou nesta terça-feira que Nicky Hayden não vai participar da etapa da República Checa da MotoGP, que será disputado no próximo domingo no circuito de Brno. O piloto norte-americano não vai correr porque ainda não está completamente recuperado do acidente sofrido durante o treino de classificação da etapa de Indianápolis da categoria, no último sábado.

"É difícil perder outra corrida. Eu não tenho grandes problemas, mas minha mão ainda está muito inchada e eu não tenho muita força, e, claro, lesões na mão direita são as piores para os pilotos de moto. Eu estaria bem longe dos 100%, e se eu usasse força demais ou caísse de novo, poderia deslocar as partes quebradas e, possivelmente, teria problemas", disse o campeão da temporada 2006 da MotoGP.

Em razão do forte acidente, Hayden chegou a perder a consciência, o que preocupou os médicos. "Obviamente, a cabeça é ainda mais importante, e com a quantidade de tempo que eu estive inconsciente, eu ainda estou com dor de cabeça. A principal coisa é que todos os médicos me disseram que correr era realmente uma má ideia e não inteligente, e todo mundo na minha equipe concordou", explicou.

Hayden sofreu uma queda na curva 13 do circuito de Indianápolis no treino de classificação de sábado. Ao cair, o norte-americano sofreu lesões na mão direita, o que impediu a sua participação na corrida disputada no último domingo.

Também fora da corrida na República Checa, ele espera ter condições de participar da etapa de San Marino, no circuito de Misano, marcada para o dia 16 de setembro. "Por mais que o piloto em mim não goste de ficar em casa e perder tempo de pista e os pontos, eu preciso ouvir os especialistas e tentar me curar e me preparar para Misano", disse.

A Ducati decidiu não repor a ausência de Hayden, que está em nono lugar na temporada 2012 da MotoGP. Assim, o italiano Valentino Rossi será o único representante da equipe na etapa da República Checa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.