Com lesão no olho, Neymar passa a noite no hospital

Se o reserva André saiu do primeiro duelo da final do Campeonato Paulista como herói, o badalado Neymar, titular absoluto, teve uma tarde infeliz no Pacaembu. Foi substituído no intervalo com lesão no olho direito após um primeiro tempo de pouca participação. Depois da partida, ainda com a vista embaçada, foi ao hospital Albert Einstein, onde passou a noite. Hoje, vai passar por exames e não deve atuar quarta-feira, contra o Atlético-MG, no Mineirão.

, O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2010 | 00h00

O camisa 11 passou boa parte da etapa inicial fora de campo. Logo aos 5 minutos, levou um pisão em uma dividida com Rômulo e deixou a torcida apreensiva. Mesmo com dores no tornozelo, o atacante santista seguiu no gramado, mas teve de sair mais três vezes para ser atendido. Enquanto esteve nas quatro linhas, foi bem marcado e não conseguiu repetir as boas atuações.

Ao sofrer pênalti de Toninho, não marcado pela arbitragem, chocou-se com o zagueiro e sofreu uma pequena lesão no olho, suficiente para incomodá-lo até o intervalo. Mesmo pingando colírio e jogando água no local, não conseguiu se recuperar e teve de ser substituído. / B.D.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.