Kelly Cestari/EFE
Kelly Cestari/EFE

Com mar fraco, WSL adia bateria no 2º dia do mundial de surfe

Rodada na Austrália continua segunda-feira, 7h30, no horário local

O Estado de S. Paulo

28 de fevereiro de 2015 | 21h12

Após um início de competição com show de Gabriel Medina, a 1° etapa do Mundial de Surfe, em Gold Coast, confirmou o 'lay day', com mar fraco, e não realizará bateria no segundo dia de janela do evento.

A praia de Snapper Rocks amanheceu com ondas de dois a três pés, impossibilitando a disputa do torneio. A primeira tentativa de realizar a bateria foi às 7h30 e outra chamada foi realizada até 9h, quando a WSL confirmou que não haveria disputa.

A continuação do evento deverá ser disputado nesta segunda-feira, 7h30, no horário local, 18h30 no horário de Brasília. Porém, a tendência é que o mar só esteja em boas condições para a disputa da bateria a partir da próxima quinta-feira, 5 de março.

A próxima bateria prevista terá a repescagem do circuito masculino e feminino. Alguns campeões mundiais que não se classificaram de forma direta estarão na disputa como Kelly Slater e Mick Fanning. Seis brasileiros também vão participar da repescagem: Adriano de Souza, Filipe Toledo, Miguel Pupo, Jadson André, Wiggolly Dantas e ítalo Ferreira.

Tudo o que sabemos sobre:
Gabriel MedinaMundial de Surfe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.