Divulgação/WSL
Divulgação/WSL

Com melhor atuação de 2015, Gabriel Medina avança no Taiti

Na próxima fase, Gabriel terá bateria com mais dois brasileiros

O Estado de S. Paulo

17 de agosto de 2015 | 20h28

O campeão mundial Gabriel Medina teve nesta segunda-feira a sua melhor atuação em 2015 e derrotou o havaiano John John Florence na terceira fase da etapa do Taiti por 19,00 a 18,44 (a pontuação máxima é 20,00) numa bateria que deixou boquiaberto o australiano Kelly Slater, dono de 11 títulos mundiais. "Foi uma das melhores baterias que já vi, e com certeza a melhor desta temporada."

John John tinha conseguido suas duas maiores notas na terceira e na sexta onda, e nessa altura Medina contava com um 9,07 e um 6,60. Na oitava onda o brasileiro conseguiu nota 9,27. E na nona recebeu 9,73, consumando a virada espetacular - o australiano não conseguiu pegar outra onda.

"Estou muito feliz com o resultado, porque o John John é um dos melhores do circuito", disse. Na quarta fase ele enfrentará os brasileiros Ítalo Ferreira e Bruno Santos (que ontem eliminou Mineirinho). O vencedor vai direto para as quartas de final, e os perdedores disputarão a repescagem. Filipe Toledo e Wiggolly Dantas também estão na quarta fase.

Em sua primeira competição depois de ter sido atacado por um tubarão na etapa passada, na África do Sul, o australiano Mick Fanning foi eliminado pelo espanhol Aritz Aramburu.

Tudo o que sabemos sobre:
surfecircuito mundialgabriel medina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.