Brian Snyder/Reuters
Brian Snyder/Reuters

Com novo Top 5 na vela, Jorge Zarif fecha boa campanha no Troféu Princesa Sofia

Velejador fatura bronze neste sábado e garante segundo resultado top 5 neste ano

Estadão Conteúdo

07 de abril de 2018 | 17h02

O sucesso da vela brasileira passa por nomes como Torben Grael, Robert Scheidt, Bruno Prada e, mais recentemente, Martine Grael e Kahen Kunze. E um novo nome tem tudo para se consolidar e conquistar bons resultados. Nesta semana, Jorge Zarif deu mais uma prova de que está firme na elite da classe Finn. O velejador terminou em quinto lugar na classificação geral do Troféu Princesa Sofia, em Palma de Maiorca, na Espanha, com 113 pontos perdidos.

+ Leia mais notícias sobre vela

+ Barco das Nações Unidas confirma 4º lugar na etapa de Itajaí da Volvo Ocean Race

+ Por falta de vento, velejadores fazem racionamento de comida na Volvo Ocean Race

Neste sábado, Jorge Zarif teve bom desempenho na regata da medalha e cruzou a linha de chegada em terceiro lugar. Foi o segundo resultado de Top 5 do brasileiro em 2018, após a quarta colocação na Copa do Mundo de Miami, nos Estados Unidos, em janeiro.

A regularidade na classe Finn aumenta a confiança do velejador à medida que se aproxima o Campeonato Mundial de Classes Olímpicas, marcado para começar no dia 30 de julho, em Aarhus, na Dinamarca. O evento valerá classificação para os países nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, no Japão.

"Fico contente de ficar mais uma vez entre os melhores, embora um pouco decepcionado pela medalha que não veio. Agora é continuar treinando e melhorando para ir forte a Aarhus. O principal objetivo de 2018 é terminar o Mundial entre os oito primeiros e os três resultados deste começo de ano dariam a vaga olímpica para o Brasil", disse Jorge Zarif, lembrando ainda o sétimo lugar que conquistou no Campeonato Europeu, há três semanas.

"Foi uma semana muito difícil. O atual campeão mundial terminou em 10.º. O campeão europeu ficou em 14.°. O medalhista de bronze no Rio-2016 acabou em 27.°", analisou Jorge Zarif.

A tradicional competição espanhola reuniu este ano cerca de 1.200 inscritos, em uma disputa de alto nível técnico. O Brasil esteve presente em Palma de Maiorca com uma delegação de 16 velejadores, com um perfil mais jovem e o foco em desenvolver talentos. O próximo compromisso da equipe brasileira de vela é a etapa de Hyères, na França, da Copa do Mundo da World Sailing (Federação Internacional de Vela, na sigla em inglês), a partir do próximo dia 22.

Tudo o que sabemos sobre:
VelaJorge ZarifVela

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.