Com R$ 70 milhões, Beckham é o mais bem pago do mundo

Atrás dele estão Cristiano Ronaldo, Kaká e Ronaldinho Gaúcho. Messi aparece apenas na sexta colocação

Jamil Chade, CORRESPONDENTE / GENEBRA, O Estado de S.Paulo

23 de abril de 2010 | 00h00

Para David Beckham, Cristiano Ronaldo ou Kaká, a pior crise financeira mundial passou longe de suas realidades. Os três foram identificados pela revista Forbes como os jogadores de futebol que mais faturaram no mundo em 2009. Ronaldinho Gaúcho vem na quarta posição, superando Henry e o argentino Lionel Messi (US$ 20 milhões no ano ou R$ 35 milhões). Entre os 20 milionários do futebol está ainda o lateral brasileiro Daniel Alves, que recebeu US$ 10 milhões vestindo a camisa do Barcelona.

Entre os mais ricos, a constatação da Forbes é que apenas uma parte de seus salários vem do que fazem dentro de campo. O jogador que mais lucrou foi Beckham, com US$ 40 milhões (R$ 70 milhões) graças principalmente a seus contratos com Giorgio Armani, Adidas e Motorola. O futebol pagou menos de 25% de seu salário no ano. Mesmo assim, por dia são US$ 112 mil como renda. Nos últimos três anos nos EUA jogando pelo Galaxy, embolsou US$ 138 milhões. Mas foi chamado de "fraude" pelos torcedores locais.

Cristiano Ronaldo somou US$ 30 milhões. Kaká vem em terceiro, com US$ 25 milhões. Ronaldinho, fora da seleção e com 30 anos, continua lucrando US$ 25 milhões no Milan. Apenas em sexto está Messi, com US$ 20 milhões. Mas a Forbes acredita que ele tem tudo para rapidamente superar os demais craques.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.