Com recorde olímpico, chinês vence a marcha atlética nos jogos de Londres

Erick Barrondo, da Guatemala, chegou 11 segundos atrás do chinês e ficou com a prata

AE, Agência Estado

04 Agosto 2012 | 15h42

O chinês Chen Ding venceu neste sábado a marcha atlética de 20km na Olimpíada de Londres. Com o tempo de 1h18min45s, o atleta bateu o recorde olímpico da prova. O país asiático ainda comemorou mais uma medalha, já que Wang Zhen terminou em terceiro, 39 segundos atrás de seu compatriota, e conquistou o bronze.

Apesar das duas medalhas chinesas, outro país teve muito motivo para celebrar. Erick Barrondo, da Guatemala, chegou 11 segundos atrás de Ding e ficou com a prata. Foi a primeira medalha olímpica da história da nação da América Central, que só saiu da guerra civil em 1996.

O Brasil foi representado na prova por Caio Bonfim, que não teve um bom desempenho. Natural de Brasília, o atleta até conseguiu ficar entre os 20 primeiros em certo momento, mas não aguentou o calor que fazia em Londres, passou mal e chegou apenas na 39.ª colocação, claramente exausto.

O brasileiro quase abandonou a prova, como fizeram seis participantes dos 56 que iniciaram a prova. Entre eles, estava o atual campeão olímpico, o russo Valeriy Borchin. A pouco menos de um quilômetro para o fim da corrida, ele sentiu-se mal, caiu sobre as placas de publicidade e precisou ser levado de ambulância para o hospital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.