Com reservas, Coritiba bate o Avaí por 3 a 0 em despedida da Sul-Minas-Rio

Em uma noite inspirada do atacante Leandro, autor de dois gols, o Coritiba não encontrou dificuldades para vencer o Avaí por 3 a 0, no encerramento da primeira fase da Copa Sul-Minas-Rio. O jogo não tinha validade para a classificação, já que ambos os clubes já estavam eliminados. O técnico Gilson Kleina mandou a campo um time reserva a campo no Couto Pereira.

Julio Cesar Lima, especial para a AE, Estadão Conteúdo

11 de março de 2016 | 00h04

Mesmo sem seus titulares, o Coritiba iniciou a partida pressionando os catarinenses e logo aos 33 minutos Leandro aproveitou uma falha na saída de bola, recuperou e tocou sem chances para o goleiro Vítor. O Avaí não oferecia perigo e, aos 41 minutos, Vinícius chutou de longe e Vítor não alcançou.

Na segunda etapa, o Coritiba manteve o mesmo ritmo, pressionando o Avaí em seu campo e mesmo com um time jovem, mostrava personalidade. Aos 22 minutos, Leandro fez jogada individual e ao passar pelo goleiro, Vítor derrubou o atacante. O próprio Leandro cobrou no canto oposto e deu números finais ao jogo.

Os dois times estavam no Grupo B da competição, que só classificou o Internacional, com cinco pontos. O Grêmio, com a mesma pontuação, ficou em segundo, enquanto o Coritiba somou quatro e o Avaí só um. Ambos haviam empatado na estreia e perdido pela segunda rodada, chegando à terceira já eliminados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.