Ana Marcela Cunha
Ana Marcela Cunha

Com roupa especial, brasileiros vão bem na Copa do Mundo de Maratona Aquática

Atletas usam material para manter a temperatura do corpo nas frias águas portuguesas

Estadão Conteúdo

09 de junho de 2018 | 22h22

A brasileira Ana Marcela Cunha conquistou neste sábado a sétima posição nos 10 km da terceira etapa da Copa do Mundo de Maratona Aquática, realizada na cidade de Setúbal, em Portugal. O resultado obtido em quase duas horas de prova foi o melhor do Brasil na competição. No masculino, Allan do Carmo terminou em 14.º.

+ CBDA ampliava tempo de viagens de atletas para desviar recursos, aponta MPF

Para caírem nas frias águas portuguesas, em torno de 17°C, os atletas nadaram pela primeira vez com roupas especiais para manter a temperatura do corpo, substituindo os tradicionais trajes utilizados para as competições de maratonas aquáticas.

Baiano de 28 anos, Allan do Carmo comemorou o desempenho. "Foi um desafio diferente para mim, pois competi, pela primeira vez, com o traje de borracha, por conta da baixa temperatura da água. Mas gostei da minha colocação, senti que houve um progresso em relação aos meus resultados nas outras etapas. Agora é continuar focado nessa semana, para nadar ainda melhor na próxima etapa, na Hungria", disse.

Com o tempo de 1 hora, 56 minutos e 49 segundos, o brasileiro finalizou a prova a apenas 51 segundos do primeiro lugar. Allan do Carmo também superou os outros três brasileiros com quem representou a seleção brasileira na disputa. Nas duas etapas anteriores da Copa do Mundo, ficou com o 25.º e o 18.º lugares.

A quarta etapa da Copa do Mundo de Maratona Aquática ocorrerá no próximo sábado, em Balatonfuered, na Hungria.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.